John MacArthur: Falsos Profetas e Prodígios Mentirosos – Parte 2


MacArthur-FalsosProfetasPor que então muitos cristãos buscam a revelação de Deus através de meios que não seja a Bíblia? Certamente não porque é um meio confiável para descobrir a verdade. Por todos os lados admite-se que profecias modernas são muitas vezes completamente erradas.  Na verdade, o índice de erros é espantosamente alto. Em meus livro Caos Carismático, eu citei um líder “profeta” que estava emocionado porque ele acreditou que dois terços de sua profecia eram precisas. “Bem esse é o melhor do que foi até agora, eu sei. Esse é o mais alto nível até então”. [3]

Em outras palavras, profecia moderna não é uma maneira tão confiável de discernir a verdade quanto cartas de Tarô. E, eu poderia acrescentar, é igualmente supersticiosa. Não há garantia em nenhum lugar na Escritura para cristãos escutarem nova revelação de Deus além do que Ele já nos deu em Sua Palavra escrita. De fato, a Bíblia implacavelmente condena todos que proferem falsa ou presunçosamente uma palavra em nome do Senhor ( Deut 18:20-22). Mas tais advertências são simplesmente ignoradas atualmente por aqueles que dizem ter ouvido algo da parte de Deus.

E não implacavelmente, onde quer que exista uma preocupação com “novas” profecias, existe invariavelmente uma negligência das Escrituras. Afinal, por que estar preocupado com um antigo Livro se o Deus Vivo comunica-se conosco diretamente? Essas novas palavras de “revelação” naturalmente se parecem mais relevantes e mais urgentes do que as palavras familiares da Bíblia. Não é surpreendente que eles afastam as pessoas das Escrituras?

Que é precisamente o porquê da paixão do evangelicalismo moderno pela revelação extrabíblica ser tão perigosa. É um retorno à superstição medieval e o afastamento da nossa convicção fundamental de que a Bíblia é nossa única, suprema e suficiente autoridade para toda a vida. Em outras palavras, isso representa um indiscriminado abandono do princípio do Sola Scriptura.

A total suficiência das Escrituras é bem resumida nessa seção da Confissão de Fé de Westminster:

Todo o conselho de Deus concernente a todas as coisas necessárias para a glória dele e para a salvação, fé e vida do homem, ou é expressamente declarado na Escritura ou pode ser lógica e claramente deduzido dela. À Escritura nada se acrescentará em tempo algum, nem por novas revelações do Espírito, nem por tradições dos homens (1.6, ênfase acrescentada pelo autor)

O protestantismo histórico está fundamentado na convicção de que o Cânon Bíblico está fechado. Nenhuma “nova” revelação é necessária porque as Escrituras são completas e absolutamente suficientes.

A Escritura é em si mesma clara que o dia de Deus falando diretamente a Seu povo através de várias palavras proféticas e visões é passado. A verdade que Deus revelou em Cristo, incluindo o cânon completo do Novo Testamento é Sua palavra final (Hb 1:1-2; Cf Jd 3; Ap 22:18-19).

“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. “

Essa passagem faz duas importantes afirmações que pertencem a questão que estamos olhando. Primeiro, “toda Escritura é inspirada por Deus”. As Escrituras falam com a autoridade do próprio Deus. Ela é precisa. É confiável. É a verdade. O próprio Jesus orou em João 17:17: “Tua Palavra é a verdade”. Salmo 119:160 diz: “A tua palavra é a verdade desde o princípio e os teus juízos duram para sempre”.

Todos aqueles conjuntos de afirmações colocam a Escritura acima de qualquer opinião humana, qualquer especulação e qualquer sensação emocional. Somente a Escritura permanece como a definitiva verdade. Ela fala com uma autoridade que transcende qualquer outra voz.

Segundo, a passagem ensina que a Escritura é completamente suficiente: “pode te tornar sábio para a salvação… (e capaz de tornar você) completo e completamente capacitado para toda boa obra”.  Por qual mais clara afirmação da absoluta suficiência da Escritura alguém poderia pedir? Mensagens extrabíblicas de Deus são necessárias para nos capacitar a glorificá-lo?

Aqueles que procuram por novas mensagens de Deus tem efetivamente desprezado a absoluta certeza e absoluta suficiência da Palavra de Deus escrita. E eles a tem substituído por suas próprias caídas e falidas imaginações.

Se a igreja não retornar ao princípio do Sola Scritpura, o único avivamento que nós presenciaremos será o avivamento da superstição e da escuridão que caracterizou a religião medieval.

Isso significa que Deus parou de falar? Certamente que não, mas Ele fala hoje através da Sua Palavra.

O Espírito Santo move nossos corações e nos imprime a específicos deveres e chamados? Certamente, mas Ele trabalha através da Palavra de Deus para fazer isso. Tais experiências não são em nenhum sentido proféticas ou de autoridade. Elas não são revelação, mas o efeito da iluminação quando o Espírito Santo aplica em nossos corações a Palavra de Deus e abre nossos olhos espirituais para sua verdade. Nós devemos nos guardar cuidadosamente de permitir que nossas experiências e nossos próprios pensamentos subjetivos e imaginações obscureçam a autoridade e a certeza da mais certa Palavra.


 

[1]. O Dom da Profecia no Novo Testamento e Hoje (Wheaton: Crossway, 1988).

[2]. (Nashville, TN: LifeWay, 1990), 168.

[3]. O Caos Carismático – Lançado pela Editora Fiel no Brasil – Baixe-o AQUI http://www.editorafiel.com.br/caoscarismatico/index.php

_____________________________________________________________________________________________________________________

 

Original AQUI / Tradução: Tiago Lino

Para mais artigos de John MacArthur, clique AQUI

 

Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: