Comentários no Salmo 1º – A Recompensa do ímpio


salmo1-2Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. 

Prosseguindo em nossa análise da vida do ímpio, devemos considerar o grande ponto que o diferencia do justo. Já analisamos o absurdo que acompanha a comparação feita entre a vida do justo e do ímpio e a evidente superioridade que se apresenta na vida do justo, quando comparada.

Agora, vamos ao ponto que, sem exceção em toda as Escrituras, é a grande certeza que persegue toda a humanidade, independente de credo, condição social, étnica, etc. Estamos falando da certeza do terrível juízo de Deus. Não é meu objetivo entrar em detalhes desse dia, bem como o glorioso atributo do nosso Deus, Justo. Meu objetivo é salientar a diferença básica: a justificação do filho de Deus e a condenação do ímpio.

Que certeza mais terrível é a de que os ímpios irão experimentar o severo, infalível e indubitável juízo de Deus? Que cada um dos seus pecados serão postos em evidência naquele terrível dia sem alguma gota de graça? Que o inferno, tão perto e certo, será sua morada por toda eternidade?

Voltando ao absurdo da comparação justo x ímpio ( um dos meus objetivos nesse comentário), quem se lembrará da vida que o ímpio levou, dos bens que possuiu, das viagens que fez, do sucesso, fama e reconhecimento que desfrutou? Quem no dia do juízo será capaz de invejá-lo?

A grande certeza desse verso é que não haverá absolvição para eles no juízo. Sua vida será exposta e ele, em vão, clamará por misericórdia já antevendo o inferno que lhe aguarda. Concluirá, tarde demais, quão vã é uma vida sem Deus. Por outro lado, perceberá, também tarde demais, quão doce é a vida do justo e quão maravilhoso lugar lhes está reservado. As fontes de graça misericórdia cessarão e ele tropeçará na Pedra angular, tornando-se nu, fraco e incapaz diante do Deus Todo-Poderoso.

E quanto ao justo? Por excelência, a superioridade da vida com Cristo brilhará como o Sol do meio dia. Ele não tem o que temer: é amado de Deus, foi justificado, tem o selo da promessa, suas lágrimas serão enxugadas, sua dor exterminada e toda a eternidade na companhia do Santo de Israel, do Deus encarnado. Toda eternidade é pouca para expressar a bênção da companhia de tão amável, doce, bondoso, amoroso, fiel, maravilhoso e justo Ser.

Que se apresse este dia!

Antes de terminar esta seção, não nos esqueçamos do solene aviso contido nas Escrituras: Jesus irá limpar sua eira (Lc 3:16-17). O joio será separado do trigo e lançado ao fogo. Não é suficiente estar na igreja, carregar a bíblia, cantar no coral, ou desempenhar uma atividade, por mais importante que ela seja. É preciso ser regenerado. É preciso ser justo. É preciso ser trigo. “Isso não vem de vós. É dom de Deus” (Efésios 2:8-9).

 

Acesse a Série completa AQUI

Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: