Tim Challies: porque a Encarnação me humilha


tim

O natal está se aproximando rapidamente e como eu tão frequentemente faço nesse período do ano, eu sinto a tensão entre o natal como um dia pra comemorar o nascimento de Jesus e o natal como um dia para trocar presentes e estar junto à família. Eu não penso que exista uma boa razão para sentir essa tensão, como se essas coisas não pudessem coexistir, e ainda assim ela permanece, ano após ano.

Como o natal se aproxima, minha igreja está gastando quatro domingos com Cânticos para o Salvador, os quatro Cânticos que Lucas registra nos capítulos iniciais de seu relato sobre a vida de Jesus. Esse último domingo nós olhamos o cântico de Maria e o vimos como uma oportunidade para responder à notícia da Encarnação de Cristo como Maria fez: com confiança nos bons propósitos de Deus e com regozijo no caráter de Deus como revelado no milagre do Deus que torna-se homem.

O que me chamou a atenção na reposta de Maria para a notícia de que ela daria à luz a essa criança é a sua humildade em tudo. Você pode imaginar que, sendo escolhida para ser a mãe do Messias, isso geraria orgulho. Mas não é isso que vemos em Maria. Embora imediatamente ela entendesse que as pessoas a considerariam para sempre como especialmente abençoada, ela soube que não era merecedora dessa honra. Não era nada que ela tinha ganhado.

… porque atentou para a humildade da sua serva. De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada.

Essa não é a Maria do Catolicismo Romano que era sem pecado, e desse modo, a mais apropriada mãe em toda história da humanidade. Não, ela é uma mulher pecadora que fica em desesperada necessidade do grande salvador que ela está carregando. Ela está humilhada pela honra que é dela porque ela tem uma real noção de quem ela é.

Ele mostrou força com seu braço. Ele dispersou o soberbos e os pensamentos de seus corações. Ele derrubou o poder de seus tronos e exaltou os humildes. Ele encheu o faminto de coisas boas e os ricos ele enviou de mãos vazias.

Você percebe o que ela faz aqui? Ela compara-se com pessoas que possuem grandes dotes intelectuais, que tem grande poder e autoridade e que são ricas, e ela percebe que é apenas uma jovem moça de uma pequena e desconhecida cidade. Como alguém já disse, ela é ninguém de nenhuma cidade no meio do nada.

De tudo o que eu amo sobre Deus – e existe uma porção que eu poderia listar! – isso está muito perto do topo: ele escolhe improváveis pessoas para usufruir de seus dons e graça. Ele levanta aqueles que se reconhecem indignos e derruba aqueles que se consideram muito dignos. Ele passa por cima de muitos brilhantes, ricos e poderosos e concede graça ao perdido e ao menor.

Olhar para o Cântico de Maria e considerar suas expressões de maravilhosa humildade me faz pensar que existem pelo menos duas maneiras pelas quais a encarnação me humilha.

A encarnação é para me humilhar porque ela conta-me que eu tenho uma desesperada necessidade de um salvador. Eu preciso do nascimento do Deus-Homem no mundo de modo a me salvar da condenação que eu atraí para mim mesmo. Eu não posso me salvar! Por mim mesmo eu estou tão perdido e sem esperança que sem o socorro que vem de fora de mim, eu enfrento uma eternidade distante da graça de Deus. A encarnação me humilha por enfatizar a realidade da minha condição natural.

A encarnação é também para me humilhar como eu refleti na realidade que eu – de todas as pessoas – sou um beneficiário de toda a graça que entrou no mundo com e através de Jesus Cristo. Por que dele eu recebi o que eu mais precisava sem merecer. Como todo cristão, eu posso verificar a maravilha de olhar para toda a graça, amor e perdão que é meu e me maravilhar de que tudo isso me foi dado. Para mim! É humilhante saber de onde fui salvo e para o que eu fui salvo.

Tradução Tiago Lino / Original AQUI

Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: