O liberalismo teológico não está morto!


Estou surpreso com o recrudescimento do liberalismo teológico em nosso país. Na Europa onde nasceu, o método histórico-crítico, a hipótese documentária quanto à formação do Antigo Testamento, as críticas da fonte e literária, foram há muito abandonadas, embora substituídas por métodos e perspectivas igualmente perniciosas para a fé evangélica. Aqui no Brasil todavia, as idéias de Wellhausen, Strauss, Bultmann e um monte de alemães do século passado continuam a ser ensinadas nos seminários e escolas de teologia como se fossem a última novidade, a expressão máxima da “exegese científica”. O que é de estranhar, pois liberais sempre detestaram coisas antigas e sempre defenderam que cada geração deve fazer sua própria teologia.

Acredito que a difusão do velho liberalismo aqui em nossas terras se deve em primeiro lugar ao pentecostalismo, que providenciou a clientela para os cursos de teologia e ciências da religião moribundos e deficitários das denominações evangélicas históricas e das universidades públicas. Após terem crescido e conquistado o Brasil, pentecostais e neopentecostais resolveram estudar – e à semelhança de Israel no passado, que adorava os deuses dos povos conquistados por ele, foram buscar os mestres, os cursos e os livros das denominações evangélicas numericamente inexpressivas, sem se perguntar por que elas estavam se esvaziando no decorrer dos anos.

A possibilidade de reconhecimento pelo MEC dos cursos de teologia dos seminários maiores das denominações aumentou ainda mais a procura pelos estudos formais. Pastores e obreiros evangélicos passaram a ser instruídos por professores de teologia que nunca foram pastores de igrejas, nunca cuidaram de almas, e que não tinham o menor escrúpulo em acabar com a “fé inocente” dos que acreditavam em tudo que a Bíblia dizia.

Não sou contra a educação teológica – acho que nem precisava dizer isso, depois de ter obtido três graus na área de teologia, escrito mais de uma dezena de livros acadêmicos, ensinado em escolas de teologia e universidade e ter sido diretor de seminário e de uma escola de pós-graduação em teologia. Todavia, sou contra a propaganda enganosa feita pelos adeptos do método histórico-crítico de que o mesmo é científico; sou contra a premissa deles de que para realmente entendermos a Bíblia temos de nos livrar do pressuposto da fé; sou contra a representação falaciosa que fazem dos conservadores, como idiotas e burros sem capacidade intelectual; sou contra a zombaria e escárnio deles contra a doutrina da inspiração, infalibilidade e inerrância das Escrituras; sou contra a hipocrisia dos que não acreditam em nada e que aos domingos, para manter um emprego em uma igreja, pregam como se a Bíblia fosse a Palavra de Deus.

As coisas nem sempre acontecem da mesma forma em todos os lugares. Se acontecessem, não seria difícil profetizar quanto ao futuro do evangelicalismo brasileiro, a continuar como vai, e na direção que vai: a secularização das escolas de teologia e a morte de suas igrejas.

Todavia, tenho esperança, pois ao mesmo tempo em que o liberalismo teológico penetra profundamente nos maiores grupos evangélicos, cresce o interesse de outros desses grupos pela fé reformada. Nunca houve tanta demanda e tanta procura da parte dos evangélicos por livros, sermões, eventos e material reformado como hoje. A semeadura do trigo irá de alguma forma contrabalancear aquela do joio. Essa é a minha oração.

Agustus Nicodemus

Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

7 Responses to O liberalismo teológico não está morto!

  1. Cintia says:

    OI Tiago! Bom Dia!
    Primeiro gostaria de dizer que seu blog está inserido em minha rotina de leitura, me identifico muito com tudo aqui. E gostaria de saber se fosse possivel ter uma ferramenta para impressão dos textos, tem pessoas no meu trabalho que não tem acesso ao computador e me pedem para imprimir os textos sempre, então copio e colo e imprimo com os devidos direitos claro.
    Mas um link ou uma ferramamenta para impressão ajudaria muito.
    Que a Graça de Deus esteja sobre ti sempre, vc é um abençoado!
    Cintia

    • Prezada Cintia,
      Agradeço-te pelo carinho e sou grato a Deus por esse blog servir como um instrumento dele. A sua pergunta é ótima e a sugestão também. Eu desconheço essa ferramente, mas tratarei de correr atrás e buscá-la e, se for possível, disponibilizarei com o maior prazer.
      Obrigado pelo comentário, querida!
      Paz!

  2. Cintia,
    Consegui um mecanismo que gera arquivos em pdf ou impressões, como você preferir. Sei que ainda há o inconveniente de você ter de ir a outra página, mas, por enquanto, é isso que tenho. Vou continuar procurando para ver se há a possibilidade de você clicar e imediatamente aparecer o arquivo. Espero que tenha te ajudado!

    Paz!

  3. Reginaldo. says:

    Quando o ser humano cre em si e não no filho de Deus da nisso, uma negação a autoridade da BIblia.
    Foi muito boa esta publicação, parabens. Deus te abençoe.

  4. Valeu Reginaldo! Sua observação é precisa!
    Deus te abençoe!

  5. Iêda castro says:

    Prefiro aqui me ater ao último parágrafo. Creio que sempre haverá um remanescente. Pois a própria bíblia diz que o senhor vela pela sua palavra para que se cumpra e que as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja. Por isso devemos continuar nossa luta pela pureza do evangelho, Ele, embora não precise, conta com a nossa participação, assim como sempre contou com vários servos seus durante toda a história bíblica. Sejamos mais uma peça dessa magnífica trajetória, e como servos, anunciemos as infinitas e maravilhosas verdades bíblicas, que nos libertam e tem o poder de tirar de nós o coração de pedra e nos dar um coração de carne; contrito e quebrantado em sua presença.

  6. Filipe says:

    Bultmann liberal?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: