A ação de Deus na história


A imagem representa a postura de muitas Igrejas, não de todas.

1. Aqueles que não aprendem da história estão destinados a repetir os seus erros. A história é nossa pedagoga ou nossa acusadora.

2. A igreja foi eleita por Deus, remida pelo Filho e selada pelo Espírito Santo. Só há uma igreja, uma família, um rebanho, uma noiva do Cordeiro. A igreja do Antigo Testamento e do Novo Testamento são uma só. A igreja dos patriarcas e dos apóstolos é uma só: ela é o corpo de Cristo.

3. Atos 1:8 foi uma promessa e um programa: 1 a 7 – Jerusalém; 8 – Samaria; 9-28 – Confins da terra.

4. Atos 2: ajuntamento, pregação, convicção de pecado, salvação: o apelo partiu do auditório para o pregador.

5. Atos 8: pregação aos ouvidos e aos olhos em Samaria.

6. Atos 13-14 – Primeira Viagem: O evangelho espalha-se na região da Galácia: Antioquia da Pisídia, Perge, Derbe, Listra.

7. Atos 16-18 – Segunda Viagem: Filipos, Tessalônica, Beréia, Atenas, Corinto.

8. Atos 19 – Terceira Viagem

9. Atos 27-28 – Roma.

10. 64 Nero põe fogo em Roma – o começo da perseguição

11. 64 a 313 os imperadores: Nero (outubro 54 a 68, quando foi deposto pelo senado e suicidou-se), Tito Vespasiano: invadiu Jerusalém e construiu o coliseu romano que na inauguração de 100 dias matou 10 mil cristãos. Domiciano (81-98). Marco Aurélio (161): Felicidade e seus sete filhos, Justino, o mártir e Blandina. Sétimo Severo (começo do terceiro século: Perpétua). Décio (249-251): ele não queria mártires, mas apóstatas. Dioclesiano (303): prisão e morte dos líderes e queima dos livros cristãos. Constantino (313): edito de Milão faz cessar a perseguição.

12. 313 no Edito de Milão cessa a perseguição: Cristianismo declarado religião oficial: vantagens e desvantagens.

13. 325 – Nicéia – Ário e Atanásio.

14. 381 – Constantinopla – Humanidade de Cristo

15. 451 – Calcedônia: perfeita humanidade e divindade de Cristo.

16. 416 – Agostinho e Pelágio

17. 607 – Começo do papado com Focas nomeando Bonifácio III

18. A corrupção do papado na Idade Média: poder político e religioso; desvios doutrinários; inquisição, indulgências.

19. A renascença: economia, arte, ciência, política, religião

20. Os pre-reformadores: Wicliff, John Huss na Boêmia e Jerônimo Savonarola em Florença.

21. A Reforma com Lutero: 95 teses 31 de outubro 1517: A dieta de Worms, a tradução do Novo Testamento no castelo de Watburgo.

22. As ênfases da Reforma: Sola Scriptura – Sola Fide – Sola Gratia – Solu Chistu – Soli Deo Glória.

23. A Reforma de Calvino: 27 anos publica as Institutas: 4 livros. A história de Calvino em Genebra: sua expulsão em 1538 e vai para Estrasburgo. Sua volta em 1541, onde fica até 1564 em sua morte.

24. John Knox, o pai do presbiterianismo na Escócia. Preso 19 meses pelos franceses, trabalhou nas galés. Fico com Calvino em Genebra. Em 1559 volta para Escócia. Em 1560 Escócia tornou-se presbiteriana. Suas orações. Maria Stuart temia mais as orações de John Know que os exércitos da Inglaterra.

25. A Contra-Reforma: 1) O Concílio de Trento: 1545-1563: 2) Os jesuítas; 3) O Index; 4) A inquisição.

26. A perseguição na França – Catarina de Médicis em 1559. A noite de São Bartolomeu em 24 de agosto de 1572 matou 70.000 huguenotes, sob os aplaudos do papa e o incentivo de Felipe II rei da Espanha, genro de Catarina de Médicis. Passou a ser proibido ser protestante na França.

27. A sangrenta guerra dos Trinta anos na Alemanha (1618-1648) fustigada pelo papa e pelos jesuítas, foram mortos 15 milhões de pessoas. Só encerrada pela paz de Westfalia.

28. A batalha teológica na Holanda em 1618-1619 quando Jacó Arminio, começou a pregar um semi-pelagianismo. Convoca-se, então o Síndo de Dort: os 5 pontos do calvinismo: depravação, eleição, expiação, vocação, perseverança.

29. A batalha religiosa na Inglaterra:

a) 1534 – Henrique VIII rompe com a igreja católica para divorciar-se de Catarina de Aragão, viúva de seu irmão, que lhe havia dada apenas uma filha, mas não um filho para o trono. Casou-se com Ana Bolena que lhe deu Elisabete. Ele teve 6 casamentos. No terceiro casamento é que nasceu um filho Eduardo.

b) 1547 Eduardo VI começou a reinar com 10 anos. Morreu em 1553.

c) 1553-1558 – Maria Tudor: a morte de Cramner, Ridley, Latimer.

d) 1558-1603 – Elisabete: Os puritanos: teologia, liturgia, governo e vida.

e) 1603-1625 – Tiago I

f) 1625 – Carlos I. A guerra civil. Em 1643 o Parlamento convoca a Assembléia de Westminster que vai até 1649: Confissão de Fé e Catecismos. Carlos I é decapitado. Com a morte de Oliver Cronmwell seu filho não tem perfil e o governo volta para Carlos II.

30. O movimento Pietista no século XVII com Jacob Spener: saiu do extremo da ortodoxia sem piedade e foi o outro extremo da piedade sem ortodoxia.

31. Os Quakers com George Fox em 1647 – A luz interior. A verdade subjetiva. A busca de uma verdade íntima: o kiekegardianismo do salto no escuro. A teologia liberal e a pentecostalismo.

32. O movimento Moraviano em 23 de setembro de 1723 na Alemanha: com conde Ludiwig Van Zinzendorf.

33. As missões modernas com William Carey, Hudson Taylor, Adoniram Judson, David Levingtone,

34. A influência do Iluminismo, da teologia liberal, das igrejas mortas: Spurgeon.

35. Os grandes avivamentos:

a) Na Inglaterra no século XVIII com Wesley, Whitefield

b) No País de Gales com Howell Harris e William Williams

c) Na Nova Inglaterra com Jonathan Edwards.

d) Nos século XIX em 1825 com Finney

e) Em 1857-1859 com Moody

f) Em 1904 – no país de Gales

g) Em 1907 – na Coréia

31. A pós-modernidade: os desafios da igreja contemporânea.

a) Uma igreja supermercado

b) Uma igreja pragmática

c) Uma igreja sem piedade

d) Precisamos buscar o binômio: ortodoxia e piedade

e) Precisamos fugir da numerolatria e da numerofobia.

Hernandes Dias Lopes direto do Palavra da Verdade

Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: