5 formas de fazer seus filhos odiarem a igreja


1. Assegure-se que a sua seja algo que você vive em público

Vá à igreja… pelo menos de vez em quando. Assegure-se que você concorda com o que o pregador diz e, no caminho de volta para casa, afirme que concordou principalmente com aquela parte em que ele falou sobre a obediência dos filhos, mas pare por aí. Não leia a Bíblia em casa. O pastor já vai te dizer tudo o que você precisa aos Domingos. Não se preocupe muito com as questões que seus filhos fizerem sobre Jesus e sobre Deus. Viva da forma que você quiser durante a semana, para que seus filhos entendam que duplicidade não é errado.

2. Ore apenas na frente das pessoas

Você só precisa orar quando sua família aparece para visitar, nas refeições de natal e ano novo, quando alguém está doente e quando você quer alguma coisa. Qualquer coisa além disso, não se dê ao trabalho. Seus filhos verão que você ora na frente das outras pessoas; não há necessidade de fazê-lo na intimidade do lar.

3. Mantenha o foco no moralismo.

Insista sempre para que seus filhos sejam honestos com você. Deixe que eles saibam que é a coisa certa a se fazer, mas sinta-se à vontade para mentir na sua própria vida e nem considere a necessidade de dizer a verdade a eles ou a qualquer pessoa. Fique muito bravo quando as crianças falarem falavras “feias” ou “baixas”, mas poste, leia, assista e fale o que quiser na TV, no Facebook e no Twitter. Foque sempre em ser uma pessoa boa. E que a sua definição de “pessoa boa” seja ambígua.

4. Oferte financeiramente desde que isso não comprometa suas necessidades

Faça das ofertas na igreja algo muito importante. Fale sempre aos seus filhos da necessidade de dizimar, desde que você não faça isso de forma sacrificial. Deixe que eles vejam que você gasta uma tonelada de dinheiro no que você quer enquanto nega o mandamento das Escrituras de dar sacrificialmente.

5. Faça da comunhão na igreja uma prioridade… desde que não tenha mais nada para fazer

Vocês são uma família que freqüenta a igreja, não são? Quer dizer, é isso que você fala para os seus amigos e sua família, de qualquer forma. Nunca deixe de freqüentar os cultos de Domingo. Desde que você não tenha ficado acordado até tarde no Sábado. Ou que sua família não tenha um churrasco no almoço. Ou que não esteja passando aquele jogão na TV. Ou que você não esteja muito afim. Ou… Enfim, vocês são uma família que frequenta a igreja, o que mais importa, não é mesmo?

Traduzido por Filipe Schulz | iPródigo.com | Original aqui



Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: