O dia em que Cristo me encontrou. Que dia!



Olá, queridos leitores. Quero compartilhar com vocês o evento mais importante da minha vida: a minha conversão. Cada um tem a sua e ela é única a todos. A minha não foi com uma arma apontada para mim, não foi no meio de uma overdose, não foi dentro de um centro espírita. Foi num dia comum, mas muito especial. Eu considero esse dia um milagre. O maior de Deus em minha vida. Não importa o que me aconteca. O maior milagre já me foi feito. Estou plenamente satisfeito.

Descobri os tesouros da Graça de Cristo aos 14 anos, quando tive, de forma sobrenatural, meus olhos abertos para contemplar Jesus morto por mim. Embora tenha sido criado em berço evangélico, era necessário um encontro pessoal e íntimo com o meu Salvador. E, graças a Deus, isso aconteceu. Eu era muito inseguro. Tinha dias que achavam-me salvo, em outros, no entanto, condenado. Isso me destruia por dentro.

Foi me dada, em um curso sobre evangelismo,  a oportunidade para responder porque eu achava que podia entrar no Céu. Respondi errado e ao ser corrigido, pude ver meus olhos abertos e naquele exato momento tive uma experiência inesquecivel e maravilhosa. Fiquei pensando tanto na resposta que até hoje não lembro como cheguei em casa, já que o curso ficava uns 10km da minha casa. Por isso que até hoje persigo tantas perguntas, porque melhor do que elas, são as respostas! Fui convencido que em Cristo reside todo o plano de Deus, toda a possibilidade de salvação, felicidade, restauração e comunhão com o Pai.

Parece que toda minha natureza me foi posta a frente e pude perceber que se Cristo não tivesse efetuado sua obra redentora, jamais poderia alcançar tamanho amor e ser completamente preenchido por ele. Um misto de arrependimento e alegria indizível me envolveu. Senti uma paz que jamais havia experimentado. Não paz por ausência de guerra ou conflito, mas paz existencial. Tive a sensação que a razão da minha existência estava se desdobrando em minha frente.

De cara, percebi que jamais poderia alcançar isso com meus esforços e o mais forte: nunca teria compreendido isso se me não fosse revelado por Deus. Fui levado a Cristo, literalmente. Os anos na igreja sem perceber isso foram a grande prova. Sem conhecer o que a Bíblia falava sobre eleição, segurança da salvação, a depravação do homem e o propósito eterno de Deus de enviar seu filho, fui já tocado por essas verdades bíblicas. Buscá-las e entendê-las mais tarde foi só consequência.

Dia maravilhoso aquele. Preparado por Deus por me amar incondicionalmente sem que eu pudesse resistir a esse chamado. Graças a Deus por isso! O que o torna assim não é a circustância  em que estava envolvido, mas a verdade que se revelou a mim. Ela, sim, mudou minha vida. Para mim não importava se estava no ônibus, teatro, trabalho, praia, praça ou em casa. O que fez a diferença foi descobrir que Cristo me amou antes mesmo de eu conhecê-lo ou mesmo nascer!

Nada poderia sustentar minha vida com Ele se não fosse tamanho Amor. Bençãos, conquistas, dons, ausência de tribulações, nada, nada disso poderia me fazer perserverar se por Seu amor eu não vivesse. Sou salvo porque ele me salvou e não porque amanheço em sua presença ou seja o que for. Sou salvo e ponto final. O Espírito Santo é a garantia disso. Meu nome está no Livro da vida e de maneira nenhuma pode ser riscado. Não posso ser lançado fora da presença de Deus, me garantiu Jesus.

E hoje, vivo para Cristo, em Cristo e com Cristo. É isso que motiva minha gratidão e louvor a Deus; que me faz desviar do pecado e renunciar ao sistema gerido por satanás. A graça me ensina a viver, conforme afirmou Paulo em sua carta a Tito.

Que amor! Que provisão! Que suficiência! Que perfeição! Que poder! Que beleza! Que riqueza! Que soberania! Maravilhosa Graça!  É isso que exclamo quando ponho-me a contemplar o Salvador da minha vida, meu Cristo, meu Deus, meu Pai.

Que este amor inunde sua vida, caro leitor. Que tu compreendas que nada é capaz de nos manter em Deus senão seu livre e incondicional amor. Que nada é capaz de tirar você de Sua presença. Nada mesmo. Deus abençoe sua vida!!

Tiago Lino

Anúncios

Sobre Blog do Lino
Sou filho de Deus.

5 Responses to O dia em que Cristo me encontrou. Que dia!

  1. Maravilhosa Graça! Tiago, lindo seu testemunho.
    Só Jesus pode nos dar a certeza da salvação e nos revelar o Pai, só Ele traz a Paz que o mundo não pode dar, só Ele nos amou incondicionalmente e eternamente!
    Obrigada pela participação no blog!
    Graça e Paz!

  2. VAleu MAriana. Sem duvidas, nada de melhor podeira acontecer!!!! Me rendo em gratidão a Deus sempre porqu só ele para me salvar. Eu nunca poderia amá-lo, buscá-lo se ele mesmo não me atraisse a Si.

  3. Marcellen says:

    Linda experiência,querido! Considero-me incapaz de descrever o que senti quando Jesus me aceitou. Nosso maior e melhor presente é essa maravilhosa SALVAÇÃO,Lino.

  4. Giselle says:

    Triste percebermos que muitas pessoas estao na igreja, sao convertidos e ainda nao perceberam, nao tiveram a revelacao do plano de salvacao. Nao percebem que a salvacao vem pela graca e nao pelas obras. Sou salvo e por ser salvo busco a santidade em Cristo e nao vice-versa (buscar a santidade para ser salvo).
    Que Cristo revele em nos a grandeza do seu amor, que foi capaz de enviar seu filho para nos redimir!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: